Teoria da Extero-Gestação

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Você sabia que os humanos são mais vulneráveis ao nascer, em comparação com outros mamíferos?
Os bebês humanos exigem grandes cuidados dos pais. No que se refere ao desenvolvimento motor, químico e cerebral, a criança só atinge aos 9 meses os mesmos níveis apresentados por seus primos primatas ao nascer.
Os bebês têm cabeça proporcionalmente gigantesca. O cérebro do recém-nascido já tem um quarto do tamanho do de um adulto, perfazendo cerca de 10% do peso corporal. No adulto, o cérebro representa apenas cerca de 2% do peso.
O cérebro humano tão desenvolvido entra em conflito com a pelve, que é curta, sendo o canal do parto curvo e estreito.
Por isso, todos nós nascemos "pré-maturos", com cérebros não totalmente desenvolvidos. Por não termos aparato neurológico é que não nascemos e já andamos como muitos outros mamíferos. No entanto, o cérebro humano é o que se desenvolve com mais rapidez depois do nascimento até os 12 meses.

A gestação é dividida em 3 trimestres, mas segundo a teoria, chamamos de quarto trimestre da gestação, os três primeiros meses do bebê, que de tão imaturo  seria benéfico a ele voltar ao útero sempre que a vida aqui fora estivesse difícil.

Mas como não somos cangurus, é preciso compreender o que o bebê tinha à sua disposição antes do nascimento, para saber como reproduzir as condições intrauterinas. A reprodução das condições do ambiente uterino leva a uma resposta neurológica profunda "o reflexo calmante", e pode relaxar um bebê no meio de uma crise de choro.

O Dr. Karp desenvolveu 5 métodos para acalmar um bebê até 3 meses de idade, que são extremamente eficazes SOMENTE quando executados corretamente. 

1- Pacotinho, casulo, charuto... Bebês podem ser embrulhados assim que nascem. Apertadinhos, de forma que não mexam os braços. Eles se sentem confortáveis, "de volta ao útero".
2 - Posição de ladoQuanto mais nervoso seu bebê estiver, pior ele fica quando colocado sobre as costas. Segurar o bebê de lado ou com a barriga tocando os braços do adulto ajuda a acalmá-lo. Carregar o bebê num sling, com a coluna curvada, encolhidinho e virado de lado, tem o mesmo efeito. 
3- Shhhhh Shhhhh... Chiado. Para bebês novinhos, "shhh" é o som do silêncio. Ele estava acostumado a ouvir tal som 24 horas por dia, tão alto quanto um aspirador de pó.
4- Balanço. O balanço imita o movimento que o bebê sentia no útero materno e ativa as sensações de "movimento" dentro dos ouvidos, que por sua vez ativam o reflexo de acalmar. 
5- Sucção.  A amamentação em livre demanda também é recomendada para suprir a necessidade de sucção não-nutritiva. Alguns especialistas orientam às mães a darem chupetas para isso, mas ainda que a chupeta seja oferecida ao bebê, não deve ser introduzida nas 6 primeiras semanas de vida, quando a amamentação ainda está sendo estabelecida.

Assista a esses vídeos com Dr. Karp ensinando o método, pois é tudo o que você precisa  para conseguir acalmar seu bebê.





Fontes de pesquisa:
- O livro da gravidez -Vol I - Editora Duetto


Hora de comer... Sozinho?!

domingo, 29 de janeiro de 2012

Quem diz para a criança que é hora de começar a comer sozinha? 
Ninguém. São nossos filhos que nos dão sinais que estão preparados para essa nova fase, sentam-se sozinhos, pegam tudo com as mãos, colocam tudo na boca, depois começam a aparecer os dentinhos...
Esse é o momento de começar a dar uma fruta, ou uma bolachinha, mas please, nada de dar bolacha recheada, de chocolate, cheia de açúcar, sódio e gordura trans.
Comer sozinha estimula o sentimento de independência, de autonomia, confiança, e ajuda a desenvolver a coordenação motora fina, mas também dá um trabalho, né?! Principalmente quando a criança já quer usar os talheres! 
Os especialistas dizem que é bom deixar fazer a bagunça mesmo, pois assim tornará a hora de comer, num momento de prazer. Fala sério, comer é bom demais! Na minha opinião a criança não precisa fazer uma festa na hora da comida para aprender a gostar de comer.
Devo confessar que não deixei o Davi ficar fazendo muita bagunça para comer e nem ficar tirando comida do prato com a mão.
Depois que parou de comer papinha e começou a comer a mesma comida nossa, eu colocava ele no meu colo, pegava o meu garfo e a colher dele e dava comida junto, no mesmo prato.
No começo eu dava a comida na boca dele, depois ele começou a segurar a colher junto comigo, depois essa colher foi parar só na mão dele, mas eu tinha que ajudá-lo a colocar a comida na colher, e agora ele aprendeu a pegar sozinho, então passei a fazer um prato separado para o Davi.
E ele come muito bem, obrigada! Come de tudo, até jiló, cebola, pimentão, berinjela, e simplesmente AMA beterraba!
E se herdar o mesmo gosto que a mãe tem por comida... vai achar que comer é uma das melhores coisas do mundo!

=)

15 boas razões para NÃO dar chupeta ou mamadeira

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012


Eu já falei sobre esse assunto aqui no blog, mas achei esse texto perfeito e não pude deixar de compartilhar com vocês!

"Essa lista pode ser considerada uma via de regra para qualquer bebê...

A lista serve para chupetas ortodônticas, para chupetas do Ursinho Pooh, para chupetas flex, para chupeta hiflex para chupetas rox, para chupetas que soltam luzes, para chupetas que acendem no escuro, para chupetas que fazem barulho, para chupetas que giram e também servem para chupetas normais.

Diz-se que a chupeta ajuda a prevenir a Síndrome da Morte Súbita infantil. Mas esses estudos são poucos, ruins, com pouca relevância científica e bastante discutíveis.

Segue:
1 - A chupeta causa má respiração. Favorece a respiração bucal e dificulta a respiração nasal; Ela ensina o bebê a respirar errado e isso traz distúrbios a curto, médio e longo prazos.

2 - Prejudicando a respiração nasal e favorecendo a respiração oral, o sono é prejudicado. Fica mais agitado e menos profundo - incluindo alteração de postura, ronco e outros distúrbios que se apresentam.

3 - A arcada dentária fica severamente prejudicada. Compromete, além da apresentação estética dos dentinhos, a mordida - que poderá ficar mais aberta ou também "cruzada". 

4 - Se prejudica a arcada e a mordida, o mastigar e engolir também ficam prejudicados. Isso também trará uma má educação alimentar.

4 - Pela alteração na arcada, a fala fica comprometida. 

5 - Devido a essa alteração na dentição e devido ao uso incorreto da musculatura facial, um crescimento ósseo desarmonioso é estimulado e isso causa modificações faciais.

6 - A chupeta causa flacidez da bochecha, dos lábios, da língua e da musculatura da face. O bebê tende a ficar mais tempo com a boca aberta e exposta. 

7 - A chupeta favorece o desmame precoce pois altera o posicionamento da boca em relação ao seio, uma vez que a troca de bicos cause confusão. Um bebê que recuse o peito está mais exposto a doenças do trato respiratório, a alergias e a várias outras doenças. 

8 - A chupeta favorece o desmame precoce pois altera os efeitos do reflexo, distribuindo força maior ou menor na sucção, causando eventuais vômitos e engasgos para o bebê, ou, no caso mais comum de sucção enfraquecida, alimentação insuficiente. (A mãe também pode desenvolver dor ao amamentar, o que também contribui para o desmame).



9 - A chupeta causa, além do comprometimento da fala já citado, o atraso no desenvolvimento da fala. Ao invés de expressar-se para ser ouvida e para aprender a se comunicar, lá está a criança com a boca "tampada".

10 - A chupeta é um instrumento que acalma os pais, não o bebê. Ela serve para satisfazer a necessidade de silêncio dos adultos e não resolve a angústia do choro da criança. Em outras palavras: Ela não é facilitadora do vínculo afetivo e prejudica a interação e o (re)conhecimento da família diante das necessidades do bebê. 

11 - Durante o primeiro ano de vida, o bebê passa por uma fase de desenvolvimento que a psicanálise denomina "fase oral". Durante esse período, os bebês experimentam o mundo. Texturas, sabores, formatos. A amamentação é a fonte de satisfação de um bebê. Ele nasce com o reflexo de sucção e aprende que é pela boca que pode obter satisfação. Então ele passa a experimentar objetos, formas, pele, partes do próprio corpo. Um bebê que use chupeta é privado de boa parte dessa fase de descobertas. Bebês com frustrações na fase oral têm maiores chances de desenvolver hábitos nocivos no futuro, como o de mascar chicletes, chupar dedo, comer exageradamente e fumar.

12 - A chupeta é uma grande fonte de fungos e bactérias. Favorece cáries precoces e expõe o bebê a doenças. 

13 - A chupeta pode provocar irreversíveis alterações no céu da boca.

14 - A chupeta causa dependência física e psicológica.

15 - Usar chupeta é feio. E quase tudo isso que você leu nessa lista serve TAMBÉM para o uso de mamadeiras.



Obs:
1 - Não é aconselhado uma retirada bruta. Inclusive da chupeta. Tudo tem que ser sempre gradual. 
2 - Efeitos expostos na lista são agravados com o uso de "cheirinhos" e "paninhos" pendurados.

Texto: Mah Araújo

É aqui que eu assino?

Ai se eu te pego!

Lembram daquele post do Davi com aqueles sorrisos bem falsos que ele dá quando eu peço para ele sorrir?!

Na verdade era isso que eu queria:

Minhas lentes conseguiram capturar esse sorriso lindo e espontâneo!
Não é uma delícia?!


Filho, ai se eu te pego!!!!



Quem foi o Rei Davi?

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012
Começou ontem na Rede Record a minissérie Rei Davi.
Há alguns anos "Davi" está no topo da lista dos nomes mais preferidos para os novos bebês, principalmente depois que nasceu o Davi Leitte, filho da Claudia Leitte. Eu não gosto desse negócio de ficar seguindo modinha, mas o nome do meu filho já estava escolhido faz tempo e não mudaria de ideia só por causa disso.

O nome do meu filho foi escolhido por causa do Davi da Bíblia, o Rei Davi... também pode ser o Pastor de Ovelhas Davi, o Músico Davi, o Poeta Davi, o Guerreiro Davi, o Líder Davi...
Davi significa O Amado, e assim ele era, muito amado por Deus e com muitíssimos dons e qualidades, mas era homem carnal sujeito a erros. Nem todo amor de Deus o impediu de ser Justo e fazer com que Davi vivesse as consequências de seus erros.
Davi era o 'homem segundo o coração de Deus", não porque era perfeito, mas porque tinha o coração temente e humilde, que reconhecia e se arrependia dos seus erros.

Quem só conhece partes da história de Davi, como a batalha de Davi e Golias, recomendo que assistam a minissérie que está ótima! É claro que eles dão uma "floreada", por isso leiam também a história no livro de Samuel no Antigo Testamento. Quem não tem Bíblia pode ler online AQUI. É uma história in-crí-vel!


Rei Davi
Em 29 capítulos, às terças e quintas, 23horas, na Rede Record.

Ah! Hoje tem reapresentação do primeiro capítulo às 21h15, após do Jornal da Record.

Jardim Botânico de Curitiba

Voltando de Floripa ainda passamos na casa do meu irmão em Curitiba, e fiz questão de ir passear num dos meus lugar preferido da cidade.

O Jardim Botânico de Curitiba é considerado um dos principais pontos turísticos da capital paranaense, e conhecido por sua bela estufa e seu jardim geométrico. A estufa de estrutura metálica e com três abóbodas do estilo art-noveau é um projeto que teve de inspiração um Palácio de Cristal de Londres, do século 19.

O espaço oferece duas estufas, o jardim das sensações, bosque de araucárias, lago, cascata, além de área para prática de exercícios físicos, trilhas e um velódromo. Também conta com o Museu Botânico Municipal que abriga 310mil espécies botânicas, além de um auditório, centro de pesquisas, espaço para biblioteca especializada e salas, de exposições temporárias e permanentes.

Acho lindo esses arcos na entrada.

Flores

 O nome da escultura é Amor Materno

 Dentro da Estufa

 Convidada especial: Elioenai (minha sobrinha)

 Sim, esse pitoquinho correndo la na frente é o Davi.

 Graminha

 Amei essa foto

 Pelo menos uma com o papai
Passando pela ponte do lago.

O parque fica aberto de segunda a domingo das 6h às 20h – das 6h às 21h no verão.
Uma delícia de lugar!

De Mãe Blogueira para Mães Blogueiras: Midia Kit

terça-feira, 24 de janeiro de 2012


Semana passada eu participei de um Blogstorming sugerido pelo Clube das Mães e Pais Blogueiros com o tema: A Imagem da Blogosfera Materna Brasileira.
Quem não viu essa postagem, clique AQUI para ver.


As meninas (Carolina e Daniela) do Clube gostaram do meu texto e me convidaram para falar no Blog do Clube sobre Mídia Kit, que foi um dos assuntos que abordei no Blogstorming.


Então, hoje fui passear lá no Clube para falar sobre o assunto. Se você é uma Mamãe Blogueira, faça parte do Clube e leia o artigo que escrevi sobre MÍDIA KIT.


Bjocas!

A Pantera Cor de Rosa

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012
Acreditam que a Pantera Cor de Rosa está próxima de completar 50 anos?! O desenho animado não nasceu, digamos assim... de uma "gravidez planejada", mas mesmo assim foi muito bem vindo e amado! =)
Pantera Cor de Rosa foi o nome dado ao diamante no filme homônimo em 1963.
Tiveram a ideia de colocar uma pantera cor-de-rosa no trailer e na abertura do filme, e o sucesso foi tão surpreendente que produziram até 1980 mais de 120 episódios com personagem.

Nem tudo o que é bom dura pouco, aquilo que é bem feito permanece e jamais cai no esquecimento! Com um roteiro incrível, animação bem feita, estilo único, trilha sonora inconfundível, e humor hilário, A Pantera Cor de Rosa conquistou várias gerações. E hoje estou aqui numa sessão nostalgia assistindo alguns episódios com meu filho de 2 anos, que já tem até o seu preferido.


Trailer



Abertura do Filme



Episódio que o Davi mais gosta:





Como nada é perfeito, minha "decepção" é que a Pantera é fumante! rsrsrs
Mas e aí, quem gosta da Pantera, e quem já fez sessão nostalgia com o filho também?!


Bjocas!

Estamos "em obras" para melhor atendê-la.

domingo, 22 de janeiro de 2012
Mamães, algumas de vocês já responderam a pesquisa para caracterizar o perfil dos leitores do Mamãe Moderna.
A pesquisa é permanente no blog, continua na barra lateral, mas mudei a imagem que tem o link para a pesquisa.

Acrescentei outro link, com um formulário para você falar o que quiser: críticas, elogios, e sugestões de temas para postagens. Nesse link você PODE FALAR! Coloquei opção para você se identificar, mas o preenchimento não é obrigatório, portanto, se quiser criticar e não se identificar, fique a vontade.

Outra novidade é que criei uma fan page no Facebook para o Mamãe Moderna. Ficaria muito feliz se vocês curtissem! =)


Brincar, Mamar e Dormir

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012
No Parque

Brincar, correr até cansar,
Mamar, mamar e se saciar,
E depois...



Depois tirar um cochilinho, que ninguém é de ferro!
E pode ser na graminha mesmo, em cima da camiseta suada do papai.




Florianópolis: Centro

E enfim, a última postagem sobre a nossa viagem.
Ao chegarmos em Floripa, do aeroporto fomos para o centro, pois iríamos almoçar no Rancho da Jackie antes de irmos para o hotel, mas o restaurante estava fechado, embora tenha no site um cardápio da semana toda (de segunda à domingo).


Bom, pelo menos encontramos uma vaca,


e passamos pela Praça XV de Novembro e conhecemos a famosa Figueira Centenária.


Pedimos informação para um homem na rua, perguntando um outro lugar onde pudéssemos almoçar em pleno domingo no centro da cidade. Nos indicaram o Restaurante do Hotel Valerim, que é aberto ao público.
Ótimo ambiente, comida muito boa também, o lugar que é meio apertadinho, mas dá pra aguentar! A conta ficou R$27,30.

Num outro dia fomos especialmente para almoçar no restaurante Delícias Portuguesas, e esse foi um dos piores dias da minha vida! kkk
Quando entramos já percebemos que era um lugar de gente phyna. Todos que estavam nas mesas tinham postura de gente ryca, endinheirada, bem vestidas, afortunadas, segurando suas taças de vinho.
Pensei... Ptz! Acho que tô no lugar errado! 
Eu já sabia o que queria comer. Tinha lido uma indicação de Bacalhau às Natas, que me deu água na boca, desejo ardente, como só tive na gravidez!
Abrimos o cardápio e quase caí pra trás ao ver a coluna da direita, mas já estávamos ali sentados... Fazer o que, né?! Então meu marido também escolheu um prato, pedimos suco e até ali ainda estava tudo muito bem!
Gente, aí vocês não fazem ideia do que aconteceu:
O Davi desembestou a GRITAR, GRITAR, GRITAR, e não parava mais!!! Não era grito de manha,de choro, de sono, era de bagunça mesmo, e chamava MUITA atenção!!! 
O bacalhau foi servido e veio fervendo, tava um calor animal, e eu tava vermelha e quente de vergonha de tanto que olhavam pra gente!
Eu não estava tão incomodada com o grito do Davi, como estava com incômodo dos outros. Tinha um homem que estava sentado meio de costas para a nossa mesa, mas a cada grito que o Davi dava, ele se virava num movimento tão brusco, que eu achei que ele fosse torcer o pescoço! (Pena que não torceu).
Talvez você pense que eu esteja exagerando, mas eu juro que não é exagero! Até uma funcionária veio com o papai noel que estava pendurado na porta e entregou para o Davi, para ver se ele se distraia. Ele brincou um pouquinho, achou graça do guizo, e começou a gritar novamente. Se eu desse meia-dúzia de gritos iguais aos dele, eu ficava rouca na hora e mais dois dias sem falar, mas ele já tinha dado uns 50 gritos daquele, e nada! A voz estava bem ali. Intacta.
Eu aproveitava que ele abria a boca para gritar e colocava comida para ver se ele fechava pra comer. Veja bem o nível. Foi tenso! Tenso.
Ahhh! A conta?! R$107,80.

Da outra vez que passamos pelo centro foi só para ir embora, e tiramos essas fotinhas em frente ao Mercado Municipal. Só para constar: 36°C.


 

Bom, eu tinha prometido que contaria tudinho. 
Promessa cumprida!

Leia também as outras postagens sobre essa viagem:
Florianópolis
Florianópolis: Jurerê
Florianópolis: Canasvieiras + Passeio de Escuna
Florianópolis: Barra da Lagoa
Projeto Tamar
- Florianópolis: Lagoa da Conceição


Blogstorming: A imagem da blogosfera materna brasileira.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Você sabia que nos EUA existem mais de 3,9 milhões de mães blogueiras?!
Elas conquistaram uma função poderosa e reconhecimento da força social, cultural e econômica no mundo da mídia atual.
O ranking com as 100 melhores mães blogueiras possui um círculo de grande influência, gerando audiência mensal de 50 MILHÕES de espectadores!
E eu aqui toda felizinha comemorando minhas 100mil visualizações em 2 anos de blog... Que dó... Que dó!

Esses dados fazem parte do o ranking do Babble.com, publicada no Zero Hora, que tem colocado nós, do Clube das Mães e Pais Blogueiros para pensar e questionar:
Por que as mães blogueiras brasileiras não conseguem a valorização da mídia?

Diferente dos blogs brasileiros sobre beleza e moda, os blogs maternos não conseguem crescer, não conseguem empresas interessadas em divulgar seus produtos, e muito menos empresas dispostas a pagar pela divulgação.

É claro que o publico alvo dos blogs de beleza e moda é muito mais amplo. Sendo mulher (de 8 a 80 anos) já é o suficiente para se enquadrar nos requisitos de uma boa leitora. Os produtos direcionados para o feminino tem uma rotatividade enorme, pois todos os dias surgem novidades, uma linha nova, uma coleção nova. As marcas precisam anunciar e precisam que seus produtos sejam recomendados pelas blogueiras.

Como leitora de blogs femininos, muitas vezes me sinto atropelada por certos produtos, com publieditoriais, reviews, tutoriais, swatches, e banners do mesmo produto em vários blogs.

O assunto é polêmico e com muitas opiniões divergentes:

- Muitas não querem essa valorização da mídia, e não acham correto receberem alguma coisa por publicarem algo tão pessoal, como a sua vida e a vida de seus filhos.

- Outras nunca pensaram sobre o assunto, não divulgam o seu blog, não imaginam a possibilidade de vender o seu espaço (o seu espaço, não a sua opinião), não sabem nem o que é um Mídia Kit e nunca procurou saber a média de valores de anúncios.

- A grande maioria gostaria de ser valorizada, mas nem elas mesmas se valorizam e aceitam qualquer coisa que lhe oferecem.

Os três grupos acima atrapalham os objetivos do ultimo:
- Mães que não são apenas blogueiras, são empreendedoras virtuais que querem ser remuneradas e garantir seu sustento (ou uma renda extra) através do seu blog. Essas blogueiras não aceitam qualquer produto (ou amostras grátis) em troca de postagens ou "sugestões de pauta" que as empresas enviam, mas sabem do seu valor, preparam um bom mídia kit, e cobram pelo seu espaço. Divulgam o seu blog, se dedicam, procuram escrever cada vez melhor, procuram assuntos que possam ser interessantes, querem conquistar os seus leitores, respondem os comentários, etc.

Então, a minha resposta para a grande questão desse blogstorming é:
Queridas mamães blogueiras,
Nós somos especiais!
Nosso público alvo é específico, e justamente isso que faz com que o nosso espaço seja valorizado, pois atingimos diretamente o mesmo público alvo de nossos principais anunciantes.

- Para conseguirmos ser valorizadas precisamos de união, compartilharmos nossas idéias, nossos objetivos, aprender umas com as outras, e batalharmos por essa valorização.

- Precisamos saber vender o nosso espaço. Seu blog tem um mídia kit? O que é Midia kit?  Quais dados apresentar? Qual sistema você usa para mapear as estatísticas do seu blog? Usa o Google Analytics? O que é engajamento? Qual a média de valores cobrados por publicidade em blogs? 

- Precisamos deixar bem claro para as empresas, e principalmente para as leitoras, que o espaço no blog está à venda, mas JAMAIS venderemos a nossa opinião, nem num publieditorial, e nem em banners.
Por exemplo: todas estão cansadas de saber que eu apoio a amamentação exclusiva em livre demanda, e prolongada. Vocês nunca verão nesse blog divulgação de mamadeira ou chupeta. NEVER! 

- E precisamos de dedicação com o blog e com as leitoras, descobrir qual linguagem usar, quais os assuntos mais interessantes de ler e de comentar, e valorizar a participação das leitoras. Caso contrário, ela ficará mais interessada em saber o "look do dia" ou o "esmalte da semana" de outra blogueira qualquer.

Por isso, se você é uma Mamãe Blogueira, faça parte do Clube das Mães e Pais Blogueiros. E se você é mãe, sendo blogueira ou não, valorize as postagens que escrevemos com tanto carinho: comente!

Beijocas!

Não dá para passar em branco

terça-feira, 17 de janeiro de 2012
Postagem Comemorativa!!!



*_____________*
          feliz

Garatuja, cara de coruja!

O que?
Garatujas são, nada mais, nada menos, que RABISCOS feitos pelas crianças até cerca dos 4 anos de idade.
É impressionante como garatuja facilmente nos remete às obras de arte, enquanto que ao falarmos de rabiscos, o sentimento é de desdém. Tipo: "Ele não sabe desenhar, ele SÓ rabisca". Como se rabiscar fosse perda de tempo, ou algo sem conteúdo válido.

O que fazemos de errado?
Nós, muitas vezes por ansiedade no desenvolvimento de nossos filhos, ou por falta de conhecimento, começamos a direcionar seus desenhos, ou simplesmente compramos aquelas revistinhas com desenhos prontos para colorir.
Fazendo isso você estará bloqueando a criatividade e expressividade do seu filho, e esse bloqueio será levado para outras fases de sua vida.
Embora as crianças sintam prazer em desenhar, não devem ser forçadas a realizar essa atividade

E serve pra quê?
Além de tornar seu filho mais criativo, a garatuja leva a criança a descobrir os resultados dos movimentos que fazem com os braços, e a buscar novas possibilidades das formas. 
Rabiscar é importante para o desenvolvimento da coordenação motora fina, e da organização espacial, e embora a criança não esteja representando nada, a garatuja reflete o seu desenvolvimento fisiológico e psicológico.

O que fazer?
- Crie oportunidades, deixando material sempre disponível.
- Ofereça materiais adequados para a idade e de diversos tipos (lápis, giz de cera, caneta hidrocor).
- Não interfira na atividade, deixe-a se expressar como quiser e quanto tempo achar necessário.
- Valorize a criação, para ajudar a desenvolver a auto-confiança.
- Não tente entender o que ela está fazendo: "Olha, parece uma coruja!"

Resumindo: Tem coisa que muito ajuda quem não atrapalha!

Florianópolis: Lagoa da Conceição

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012
Se você for para Florianópolis, nem pense em não reservar um dia para conhecer a Lagoa da Conceição.
Imagine uma Lagoa enorme linda, no meio da cidade, com águas cristalinas e com várias placas escrito: "água própria para banho." Igualzinho São Paulo, né?! Hahahaha...

Almoçamos no Restaurante Querubim, que oferece buffet por quilo, e a noite serve petiscos e lanches. Nós três almoçamos por R$25,95, contando com o suco natural. Super barato, e além disso a sobremesa é grátis!
O que eu achei caro foi a água de coco que tomamos num quiosque na beira da Lagoa. R$4/cada. Pela região também tem vários restaurantes que oferecem sequência de camarão. Eu gosto de camarão, mas não de overdose de camarão, então nem fiz questão de ir.
Quem quiser se hospedar por lá, é uma ótima opção, perto de tudo e vi que tem várias pousadas por perto.

Nós fomos da Barra da Lagoa para a Lagoa da Conceição, descemos no terminal (TILAG) e voltamos andando até o final da Avenida das Rendeiras.
É até difícil expressar como é lindo! Aí quando você está lá admirando aquela paisagem maravilhosa, vira para o outro lado, vê um pedacinho de areia e resolve dar uma xeretada. Aí descobre que são dunas! Eu tinha a maior vontade de conhecer dunas e realmente é muito lindo!

Bom... 
As imagens falarão por mim!










Nesse dia estava calor, mas o tempo estava fechado, abafado. Olhem a última foto que eu tirei de dentro do ônibus quando estávamos indo embora de Floripa, com o céu bem azul.


Um sonho de lugar... Ficamos apaixonados por Floripa!



Leia também as outras postagens sobre essa viagem:
Florianópolis
Florianópolis: Jurerê
Florianópolis: Canasvieiras + Passeio de Escuna
- Florianópolis: Barra da Lagoa
Projeto Tamar



Top 10: #UFC + MÃE

domingo, 15 de janeiro de 2012
Comecei a acompanhar o assunto #UFC + MÃE no Twitter desde os primeiros comentários.
E dessa vez teve mais "Mãe" do que o esperado, pois as duas principais lutas da noite foram dedicadas às mães dos dois vencedores: Victor Belfort e José Aldo, que por coincidência fazem aniversário no mesmo dia, 15/01.

Confesso que antes de saber do aniversário da mãe do Belfort, deram um close em seu rosto depois da luta, e mesmo tendo ganhado eu pensei: "Coitada da mãe dele!", afinal nenhuma mãe merece ver o filho desse jeito: oO.

Vamos lá?!
Top 10: #UFC + MÃE











É isso aí!
O UFC-142, na minha opinião foi bem melhor que o outro UFC que tivemos aqui no Brasil. As lutas foram bem melhores! Parabéns a todos os brasileiros, guerreiros por natureza!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...